5 Bancos Para Pedir Cartão De Crédito Para MEI Negativado E Sócio Negativado

O cartão de crédito para MEI negativado já é uma realidade. Muitas pessoas se questionam se é possível ter o produto mesmo estando com dívidas ativas. Acontece que pessoa física e pessoa jurídica são duas coisas diferentes, mas uma pode implicar na outra. Contudo, se você for negativado também poderá ver opções de cartões de crédito para negativado.




Geralmente, quem tem PJ leva um certo tempo até aprender a separar as finanças da empresa da vida pessoal. Nisso, é comum acabar se enrolando com as contas e ter que recorrer a tutoriais de como solicitar um cartão de crédito para MEI negativado.

Já passamos por isso e neste artigo vamos compartilhar o que aprendemos. Preparamos uma lista com 5 cartões de crédito para MEI negativado e também 3 cartões de crédito para MEI que tem sócio negativado. Além disso, explicaremos os passos para solicitar um cartão.




Vamos lá.

Cartão De Credito Para MEI Negativado
Cartão De Crédito Para MEI Negativado E Sócio Negativado

Cartão De Crédito Para MEI Negativado

O Brasil tem mais de 11,3 milhões de Microempreendedores Individuais (MEIs) ativos. É o que indica uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com dados da Receita Federal.

Mas nem todo mundo consegue arcar com as despesas, por isso muitas pessoas buscam um cartão de crédito para MEI negativado.




Ter o MEI negativado funciona do mesmo modo que estar com o nome sujo. O CNPJ terá dificuldades em conseguir serviços bancários, mas isso não significa o fim do negócio. Com o aumento de microempreendedores inadimplentes surgiram novas oportunidades para esse grupo.

De maneira semelhante ocorre quando as dívidas são pessoais e buscamos um cartão para a empresa. Há dificuldades, sim, mas que podem ser superadas com a escolha da opção certa para atender ao perfil do cliente ou da empresa.

Veja as principais vantagens do cartão de crédito para MEI negativado:

  • A maioria tem anuidade zero;
  • Ausência de consulta à empresas de proteção ao crédito;
  • Limite disponibilizado com base no score e análise de crédito;
  • Taxa de juros mais baixa do que a de pessoa física.

Após conhecer as vantagens, vamos ver as opções disponíveis no mercado. Confira 5 cartões de crédito para o MEI negativado:

  • Cartão Zippi

É diferente dos cartões que estamos acostumados. Voltado para os trabalhadores autônomos e prestadores de serviço, o cartão de crédito tem anuidade zero e a fatura é cobrada semanalmente, com possibilidade de ser enviada pelo WhatsApp.

Sem exigência de renda ou faturamento mínimo, é isento de taxas de operação e manutenção. Assim que o titular paga o que gasta durante a semana, um novo crédito é liberado. Outro diferencial é a possibilidade de escolher a cor do plástico, agregando em personalização.

  • Cartão Mercado Pago

Livre de anuidade, funciona no débito e crédito e permite o parcelamento em até 18x. A solicitação feita pelo CNPJ garante a participação no programa de pontos, além de ter descontos exclusivos em lojas parceiras.

Possui os benefícios da bandeira Visa e permite a integração com os serviços do Mercado Livre. Não exige renda mínima, mas faz análise de crédito. Dispõem de cartão físico e virtual. É preciso abrir uma conta para ter direito ao cartão.

  • Cartão Ourocard Pré-Pago

Funciona com a recarga do valor que se deseja gastar, sem cobrança de anuidade. Por outro lado, o titular terá que pagar uma taxa de R$10 pela emissão do plástico, além de uma mensalidade no valor de R$5.

Bandeira Mastercard, não é preciso renda mínima e o limite liberado é compatível com o que o cliente pode pagar. Pode ser utilizado para saque, no entanto a partir do terceiro saque mensal será cobrado R$5 por cada nova retirada.

  • Cartão PagBank Pré-Pago

O usuário gasta conforme a quantia carregada, tem anuidade zero e descontos nas compras online. Permite saques na rede Banco 24h, sem a cobrança de adicionais. A emissão do plástico custa R$12,90.

Sem exigência de renda mínima e com as vantagens da bandeira Mastercard, não cobra tarifa de manutenção e operação.

  • C6 Bank Business

Funciona no débito e crédito, é isento de anuidade e não exige renda mínima. Os usuários participam do programa de pontos Átonos, que permite a troca por produtos ou passagens. Disponível na bandeira Mastercard.

Permite o cadastro para desconto automático de pedágio e estacionamento, sem que seja preciso enfrentar filas. O cartão é personalizado e faz análise de crédito, mesmo assim existe a chance de aprovação estando negativado.

Como Solicitar Um Cartão De Crédito Para MEI Negativado

Na hora de fazer o pedido do cartão algumas dicas podem ajudar a simplificar o processo. Abaixo explicamos o passo a passo de como solicitar um cartão de crédito para MEI negativado:

  • A primeira coisa a se fazer é escolher o banco e o modelo do cartão;
  • Verifique se a solicitação é realizada pela internet, aplicativo ou nas agências;
  • Reúna a documentação necessária;
  • Faça a solicitação e aguarde a análise de crédito.

A depender dos critérios adotados por cada instituição, podem ser solicitados documentos específicos. Então, é preciso verificar o site do cartão de crédito escolhido para confirmar os requisitos e a documentação para solicitá-lo.

Esteja ciente das condições ofertadas e leia, com atenção, os termos do contrato antes de assiná-lo.

Cartão De Crédito Para MEI Que Tem Sócio Negativado

A vida pessoal dos donos e sócios acaba refletindo, de alguma forma, na empresa. A princípio, não existe nenhum impedimento para que uma pessoa com o nome sujo possa abrir um CNPJ.

Porém, o CPF irregular pode dificultar a aquisição do cartão de crédito para MEI que tem sócio negativado, por exemplo.

Cartão De Credito Para MEI Negativado
Cartão De Crédito Para MEI Que Tem Sócio Negativado (Fonte: Unsplash)

Pode acontecer da pessoa entrar no negócio regularizado e depois acabar negativado.

Por ser uma empresa de pequeno porte ou até mesmo prestação de serviço, frequentemente a pessoa física é confundida com a pessoa jurídica. Isso pode fazer com que o MEI encontre obstáculos para solicitar o cartão de crédito.

Isso porque na solicitação do serviço é feita a análise de crédito. Dessa forma, o caminho para os sócios negativados é buscar bancos que não fazem essa consulta. Os tipos de cartão de crédito para negativado se dividem em consignado e pré-pago, com limite menor, de acordo com o score.

Além das opções citadas no começo do artigo, também trouxemos aqui 3 cartões de crédito para MEI que tem sócio negativado:

  • Cartão BNDES

É uma das principais escolhas para o MEI. Possui taxa de juros de 1,17% ao mês. É emitido por diversos bancos nas bandeiras Cabal, Elo e Visa.

Para solicitar o serviço é preciso estar com a documentação da empresa em dia. A exigência de adesão é ter conta corrente em um dos bancos parceiros.

  • Cartão Inter

Para ter o cartão de crédito do banco Inter é preciso ter uma conta de Microempreendedor Individual e passar pela análise de crédito. A anuidade é zero e a bandeira é Mastercard.

O rotativo é de 1% aplicado sobre o saldo da fatura mais 7,7% ao mês. Saque de até 90% do limite disponível. Sem tarifa de manutenção.

  • Cartão Santander Negócios e Empresas

A anuidade mensal custa 12x de 19,25, com possibilidade de redução total conforme o volume de gastos. Para aderir é preciso comprovar que está em dia com as obrigações do MEI e passar pela análise de crédito.

Oferece a abertura de uma conta digital para o microempreendedor. O cliente pode participar do programa de vantagens do banco Santander. Os pontos acumulados são trocados por produtos, serviços e viagens.

Conclusão

As opções de cartão de crédito para MEI negativado e sócios permitem a conquista de prazos e condições de pagamentos eficientes.

Os bancos também costumam oferecer mecanismos que organizam o negócio, sendo uma opção para auxiliar no desenvolvimento e prosperidade do microempreendedor.

Listamos as principais opções disponíveis no mercado e as características de cada uma delas. Ao solicitar um cartão de crédito para MEI negativado dá para investir na empresa e separar de uma vez as contas de pessoa jurídica daquelas pessoais.

Este artigo tem caráter apenas informativo, ou seja, não possui vínculo algum com a empresa prestadora do serviço que, por ventura, possa ser citada ao decorrer do artigo. Não isentamos a pesquisa das informações no site oficial do órgão provedor dos serviços.

Deixe um comentário